30.3.11

Meu bem( tom de ironia)



 Uma salvas de palmas...
Aí que idiota que você é, falando de mim ainda ? Por favor, querido a sua vez já passou, a sua chance de mostrar que vale algo acabou no momento em que disse que eu era uma menina vulgar demais para essa sua vidinha sem sal ...

E não venha me dizer que agora você se arrependeu e me quer de volta, por favor, eu tenho que me sentar para assistir esse teu show de quinta...

Sabe o que é, me cansou você dizendo o que deveria falar ou vestir, sabe, você é tão patético que chega me dar pena! Vai fala mais um pouco, espera um pouco, me deixa pedi uma cadeira e um copo de chopp, assim quem sabe isso desce mais fácil!

Você ta aí falando e na boa to pouco me importando com seu súbito arrependimento, sabe o que é eu não preciso de mais uma pessoa querendo me transoforma em outra,saí da casa dos meus pais porque minha mãe vivia fazendo isso!

Enquanto você fala sabe o que eu escuto? Blá-blá, é até engraçado, a suas palavras não pesam mais na minha cabeça, por agora elas apenas ecoam na minha mente, nada que um bom som alto não cure, ou quem sabe minhas risadas altas, meus palavrões , ou a minha péssima mania de me vestir vulgarmente cure o eco!

Aí querido, quanto mais você fala, mais eu vou rindo, eu não sabia que você era tão engraçado assim. Por favor, gente, uma salva de palmas para esse otário! Vai, lhe dou mais cinco minutos, vai queridinho, fala, fala o que é sua vida longe de mim vai ...

Eu sei como ela está, mas eu quero ouvir de você, fala que você ta na merda, fala que nunca mais encontrei aquela menina parceira, vai estou esperando e olha que seu tempo tá acabando em!

Que sabe, o show acabou, você se esforço,mas por favor, poderia ter se esforçado mais um pouco, sabe como é, eu só gosto de ter o melhor! Agora que seu show de quinta acabou , pedi pro garçom me servi mais um suco e ai quem sabe tu fica com a gorjeta?

Aí querido, tanto que te alertei me aceite como sou, pois te aceito do jeito que és, e não vem da um de louco dizendo que nunca disse isso em! Tudo bem errar é humano, mas você ultrapassou dessa parábola!

Sabe como disse, o seu tempo acabou e não estou aqui para fazer caridade, o meu corpo não é abrigo e meu coração não é pensionato para hospedar merdas como você, do mais, eu to bem, sim, eu vivo sem você!

Sim eu encontrei tantos depois que você me jogou na lama, nossa cada cara que seja a dar pena de ti, olha querido eu vou até ficar de pé para aplaudir tudo isso que estás me dizendo!
Gente me ajudem uma salva de palmas para otário do ano! Vai uma salva de palmas!

Musica : Rihanna Take a bow 

27.3.11

“ serenatas de um gostar..”


Escolhendo o vestido perfeito, melhor vou colocar aquela minha saia de flores curtinha e uma blusinha branca, e o que faço nesse cabelo.. já sei uma trança de lado , aonde foi parar meu chapéu que meu tio me deu no natal?!
Pronto, acho que agora da certo, puts onde enfie meu violão? Ultima olhada no espelho do quarto, tudo certo, roupa, cabelo, e violão! Chave do carro na mão, tudo em ordem, é chegada a hora!
No caminho vou ensaiando a musica, batucando a cada parada de semáforo, será que não é demais? Ficar na porta dele fazendo tal cena, será que vai dar certo, ou ele vai me achar mais uma bêbeda sem juízo e sem álcool no sangue?!
Bom espero que não! Desço do carro, dou mais uma olhada no retrovisor, e vejo que está tudo mais do que bom, está até que tranqüilo se tratando de mim! Vou na frente da sua janela e começo ...
 “ longe de você eu enlouquece muito mais eu vivo na espera de poder viver a vida com você, vejo pessoas sem saberem pra onde o mundo vai e eu conto as horas para estar com você. Longe de você eu preciso de algo mais, eu vivo na espera de poder viver a vida com você ... que mundo esse que ninguém entende um sonho, que mundo é esse que ninguém sabe amar? Pra tanta coisa que faz mal eu me disponho, quando eu te vejo eu começo a sorrir...”

Ele debruça na janela e fica lá me fitando como naquele trombada no posto, como na nossa ultima briga, como na nossa ultima transa, como naquele momento em que nossas almas se entrelaçaram e decidiram que seriam uma só!

MUSICA : LONGE DE VOCÊ CHARLIE BROWN JR. 

Abstinência!



Poderia ser simples, mas as pessoas acham que gostar deve ter uma boa dose de dramas, eu particularmente amo um drama, não qualquer drama, o drama que machuca, que corroia a mente!

Tudo bem que as pessoas lá fora falam de outros dramas, aqueles que não tem cabimento medir! Ontem em uma roda de novos amigos me deparai com tais dramas de quinta, foi uma pena não puder ter me enchido de tequila fui obrigada a agüentar tais devaneios sóbria de tudo!

Tenho medo de ser sádica, aliás, tenho medo do meu prazer em gostar de dramas reais, seria isso preocupante?! As pessoas não sabem medir os seus temores, o meus são grandes, mas dá sempre um gostinho de senti-los!

Me deprime quem não conseguem enxergar o motivo de uma traição, se eu já trai? Sim, quando e quem ? me trai no ano 99, motivo? Quando disse que não era tão bom assim gostar do menino de minas!
É depois desse ano que nunca mais falei te amo! A traição dói, dói muito mais quando somos nós que fazemos conosco, confuso? Não meus caros, apenas revelador, apenas uma sinceridade oculta!

É fato estar naquela roda me fez ver o quão doente de crer em sentimentos eu sou, me fez ver como sou distante do bom relacionamento, mesmo tentando, gosto de me sentir livre, mesmo estando presa a você!

As pessoas naquela roda me apontaram discretamente, o quão podre sou, em nunca conseguir me encaixar nessa sociedade de sentimentos ligeiros e falsários, por favor, é possível agora me servi uma dose de tequila, quem sabe assim posso sorrir com mais facilidade para tais hipocrisias!

MUSICA : COLD PLAY STRAWBERRY SWING

24.3.11

Balanços do gostar!



“ talvez eu esteja mais afim da sua batida.”

Em uma conversa rotineira com minha melhor amiga, ela questionou do porque sou tão ligada na nossa confusão sentimental. Para variar estou segurando um copo e olhando pro nada, e penso em você (~)

Recobro meus pensamentos, e digo que não tem explicação! Na verdade, até tem mais eu não devo pra ninguém os motivos pra ficar na sua! Fico insatisfeita com tal rebeldia, e digo a mim de frente para o espelho os tais motivos.

Deve ser porque você tem aquele gingado que deixa minhas pernas bambas, ou porque você conta as piadas mais idiotas do mundo, ou talvez pelas nossas brigas intermináveis, ou pelo fato de não se envergonha do que sou..

Por você sabe que me amarro em uma tequila, ah são tanto motivos que te tenho em meu coração! Um dos motivos é que você disse que poderia me casar contigo de hippey ao som de Joss Stone!

Musica : Joss Stone tell Me What We’re Gonna do Now 

23.3.11

desenhos e tudo mais !



Desabei no sofá e fiquei balançado meu copo, querendo uma explicação para toda essa aceleração no meu peito! Uma explicação por gostar tanto da gente junto, celular tocando, eu escutando você falando sobre seu futuro trabalho!

O som meio alto, e eu ainda balançando o resto de bebida no meu copo, te fitando com uma sede incrível, mesmo sabendo que é uma sede que não se mata com água, ou qualquer tequila de bar de quinta!

Ajeito-me no sofá, deixo o copo na mesa, e faço meu coque, continuo te fitando você dando um de mestre cuca. Fazendo sua especialidade, macarrão! E eu confirmo para meu coração e minha boca, eu tenho uma sede da gente, sede da nossa história!

Confirmo ao meu coração de que passes errados é que me fazem ser feliz e dividir a minha cama!

Musica : EMECIDA – ELA DIZ! 

17.3.11

Minha Fraqueza!


Eu quero esmurrar a sua cara! É isso que quero fazer, não passa pela sua cabeça que tudo isso que faço, que toda essa minha rebeldia é porque eu não sei lidar com o fato de que na verdade não sei viver sem você?
Por mim, arrancava tudo isso do meu peito com um machado, mesmo que me sangre, mesmo que me machuque, eu não sei viver sem isso aí que somos! Eu odeio você, queria nunca, nunca ter trombado contigo, nem sorrido pra você!
Eu deveria ter ficado mais uns dias em Minas, e quem sabe lá eu levaria mais serio o que o menino de São Carlos me propôs, sabe, isso é insano demais, isso é doideira de mais, se não acha não?!
Sempre me pego nesse velho discurso, daqui cinco minutos, você bate aqui com uma garrafa de vodka na mão, e eu volto a sorrir, e acreditar que tudo isso um dia não me fará tão completa como hoje! 

9.3.11

O tal suingue!



“quando eu te vejo paro logo no seu olhar, o meu desejo é que possa te beijar, sentir seu abrigar em seu calor, hoje o que eu quero é ganhar o seu amor...”

Camarote lotado, eu toda garota de bloco, pulando, cantando, bebendo, em fim, sendo feliz do jeito que gosto! As musicas da Ivete me animam tanto, me dão um gás incrível!

Pena que aqui está lotado, tudo bem que calor humano é ótimo, mas ta faltando alguém, aquele calor humano, manja?! Pergunto pro Breno onde ele está, ele só aponta com o dedo, e lá vou eu toda faceira, com um pouco de insegurança, mas vou faceira!

Antes de ir até ele de fato, pego duas latinhas de cerveja, preciso chegar com algum pretexto! Aproveito a musica e canto no ouvido dele : - Me abraça, me beija me chama de meu amor, me abraça e deseja, vem mostra pra mim o teu calor...”

Digo-lhe, eu tenho uma audácia em ser feliz que às vezes me surpreende!  

8.3.11

Bem Vinda, Ressaca!



E a ressaca me abateu três dias de folia, contando com esse que estou debruçada no sofá do quarto do hotel! Pego minha bolsa procuro loucamente meu mp4, tenho que ouvir algo do Lulu, ou Caetano, ocasiões assim, necessitam de uma boa prosa!

Ah eu beijei alguns, mas nenhum como você, ah encostei alguns nas paredes, mas não me devoraram como você! Bem sonho que o carnaval dura mais dois dias, ou mais um quem sabe ...

Talvez chegou a hora de encostar você na parede? A minha sorte é que quando bebo demais meus pensamentos ficam mais silenciosos,e no dia seguinte não preciso me desculpar com ninguém, apenas comigo, pela minha terrível mania de beber além.

É carnaval, a ressaca é normal, pela primeira vez queria ter dividido meu carnaval com alguém que merece, pena você ter virada algumas paginas do seu passado e deixado eu pegar minhas roupas e sumir por mais uns tempos!

É pena, mas bate em minha porta aquele menino faceiro, que me faz ser menina de novo, que me deixa mansa com sua fala, que arrepia todas as partes sensíveis do meu ser!

Bateu e entrou me viu mal vestida e pegou uma roupa e disse: te espero, você é a menina que quero me apaixonar nesse fim de carnaval! É como diz aquela canção de Caetano
“ ela vem sempre tem esse mar no olhar. E vai ver, tem de ser, nunca tem que amar” 

7.3.11

Isso aqui é bom demais!


“ vamos namorar, beijar na boca...”

Estou a caráter, borá pra essa carnaval mineiro, meu braço arrepia quando ouço o som de uma boa batucada. Em uma parada conheci um moço chamado EDU, me ofereceu uma jurupinga, eu sei que minha mãe diz pra nuca aceita bebida de gente estranha,mas fala sério, ele é tão convidativo...

E o bloco segui, e som do trio vai me puxando para outra roda, a cerveja ta quase quente e isso me lembra de quem deixe, mas é carnaval e não demora muito vejo um tiozinho vendendo cerva...
Dou de cara com um moço tão lindo, cavanhaque, me puxando pra dançar ao som de Ivete : “comigo é na base do beijo, comigo é na base do amor, comigo não tem disse e disse não tem chove não molha, desse jeito que sou...”
Olhei pra ele e cantei: quando eu te pegar, você vai ver, aí de ti! Aí eu amo carnaval  e vocês ?! 

É nesse bloco que eu vou!




“ Dou Casa, Comida e roupa lavada...”

E o carnaval chegou, e com ele vem a minha vida nômade, com ele vem a minha loucura matinal, vem os quatro dias de desorientação, de bebedeira e de um possível romance de carnaval!

Ta aí os mais caretas acham que o carnaval é varal da orgia, até pode ser, uma orgia saudável vai meu, uê, no carnaval a gente conhece pessoas, desoncompromissadas e aventureiras...
É no carnaval que descobrimos que temos tal suingue, que temos um bom fígado e um fôlego imaginável. É nos blocos das ruas que conhecemos tantas pessoas que estão ali pelo mesmo motivo: a tal busca da diversão!

Pago pra ver se vocês não tivessem uma grana extra não saíram por ai nos camarotes do nosso Brasil Varonil! Todos os meus carnavais fico em Minas, tudo bem que é em Santa Rita, mas esse ano vou ficar pela Capital, tem um tal rapaz que quero encostar nas paredes de algum casarão antigo..

Serão quatro dias memoráveis, eu juro, um dia escrevo um livro sobre minhas aventuras amorosas, saudade das minhas irmãs de Minas, sabe como é nome do nosso bloco ? – As Lolitas .. Ao som de Lulu vou pegar a estrada, bom carnaval! 

6.3.11

Semelhanças



“dentro da menina mora ... um perigo de mulher.”

Manhã de véspera de carnaval, estou atrasada, melhor opção é o café da padaria, me olho no espelho e vejo, não existe mais daquela menina que andava por aí pichando os muros da cidade, agora mora uma menina com uma porção de mulher.

É, a noite de ontem valeu a pena, umas doses de tequilas, algumas vodkas, e uma cerveja meio morna com tal menino de São Carlos, dormi na casa de uma amiga, ele? Dormiu no sofá do Breno!

Estou esperando o meu pedido, hoje todos os bebuns da cidade decidiram tomar seus cafés por aqui, vejo um moço sozinho, peço para sentar, ele acena com a cabeça que sim...
Tem manhãs que sou tão faladeira, e hoje é uma delas, falamos da chuva, e depois eu pergunto: 

- e o carnaval, passará aqui?
- não, tenho planos de pegar uma praia, e você?
- Minas! Ele levanta, e deixa o cartão dele na mesa, dou um sorriso, e termino calmamente meu pão de queijo. 

Noites!



“causa reboliço por onde passa, desce mais redondo que cachaça, ela é o colírio da moçada...”

Estou batucando meus dedos no volante, esperando,meio ansiosa, ele chegar aqui para tirar onda com o meu coração, quem sabe um dia ele vem parar na minha., o bar ficou chato, ou a tequila que não fez mais efeito...

Meu cabelo às vezes me irrita, dou uma olhada no espelho, faço um coque, limpo o lápis dos cantos dos meus olhos, procuro na minha bolsa enorme um chiclete, limpo minha bochecha, fico mais apresentável, são duas e meia da manhã, e eu querendo ficar apresentável, é ele tem tal dom ...

Ele vem vindo com uma garrafa de cerveja na mão e dois copos, debruça no vidro do meu carro e me diz sem nenhum pudor: - eu não tenho onde dormi hoje, tem espaço na sua cama?
Olho pra ele , disfarço meu sorriso, em fim, seria um sonho de menina se realizando? Quero vê chega junto e me juntar, quero só ver se vai me fazer sentir viva, e por aí vai, é uma noite que sinceramente, nem espero que acabe....

5.3.11

RAROS, MAS NEM TANTO!




“ mil acasos me levam a você...”

Eu tenho uma péssima mania (que eu acho boa) de sair para beber, até aí todos fazemos tal “asneira”, acontece que sempre trombo com quem não deve, sempre experimento a aventura de dar trela a quem não deve....
Cheguei e já avistei tal moço, é aquele mesmo de São Carlos que na verdade vai fica por aqui mesmo, se levantou e me piscou com aquele jeito convidativo, e eu, atentada, fui atrás de tal sorriso!
Tem uma musica que adoro escutar nesses meus momentos nômades, Skank amores imperfeitos. “ sei que amores imperfeitos, são as cores da estação, eu não quero ver você passar a noite em claro, sinto muito se eu não fui o seu mais raro amor.”
Ele desmonta toda a minha teoria de satisfação sentimental, ele remexe no que estava organizado! Ele é o meu sonho de consumo, não sei como explicar, mas digo enquanto não tiver esse menino na minha cama, não serei uma MULHER completa!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...