6.3.11

Noites!



“causa reboliço por onde passa, desce mais redondo que cachaça, ela é o colírio da moçada...”

Estou batucando meus dedos no volante, esperando,meio ansiosa, ele chegar aqui para tirar onda com o meu coração, quem sabe um dia ele vem parar na minha., o bar ficou chato, ou a tequila que não fez mais efeito...

Meu cabelo às vezes me irrita, dou uma olhada no espelho, faço um coque, limpo o lápis dos cantos dos meus olhos, procuro na minha bolsa enorme um chiclete, limpo minha bochecha, fico mais apresentável, são duas e meia da manhã, e eu querendo ficar apresentável, é ele tem tal dom ...

Ele vem vindo com uma garrafa de cerveja na mão e dois copos, debruça no vidro do meu carro e me diz sem nenhum pudor: - eu não tenho onde dormi hoje, tem espaço na sua cama?
Olho pra ele , disfarço meu sorriso, em fim, seria um sonho de menina se realizando? Quero vê chega junto e me juntar, quero só ver se vai me fazer sentir viva, e por aí vai, é uma noite que sinceramente, nem espero que acabe....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...