10.4.11

Entenda se quiser!



Eu sei o quanto sou carente e insegura, deu para notar na hora que você me convidou para deitar ao teu lado. Olhares se encontrando e meu coração ali disparado como aquelas baterias de escola de samba.

Pernas se cruzando, mãos inquietas, boca coladas, olhos fechados, respiração ofegante eu estava tão eu que até o modo de sorrir ficou natural, até o meu pavor de ser de alguém por completo passou!

Você tocando na minha bochecha, fazendo eu rir como criança quando ganha o melhor presente do mundo, foi um dos ápices da noite! 

Eu que sempre me esquivei de tais momentos, estava ali torcendo para que não fosse um sonho!

 Eu detesto quando você me tem por completo, isso me faz perde o controle das minhas rebeldias!

Virei do outro lado para ter certeza que não iria fazer nenhum tipo de carinho quando volta-se a cruzar nosso olhos, que tola fui, quando volto ao lugar exato você vem de mansinho e me imobiliza e diz : - vem, deixa eu proteger você!

Fecho meus olhos e sinto suas mãos acalmando o que ainda não se tem calma, sinto sua respiração na minha nuca e declaro bem baixinho ao meu coração : e essa sou eu, uma menina cheia de diários, de cicatrizes, de tatuagens e com um certo pavor de relacionamento, dormindo de conchinha com um aventureiro! 

Um comentário:

  1. Texto show! romântico, excitante, fofo...muito bom!! =)
    Parabéns gata!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...