30.1.11

Mais uma vez ...



“Você não sabe quanto tempo eu fiquei a te esperar, e só eu sei o tempo que eu levei pra te encontrar...”
Me esqueci que aqui todo mundo levanta de madrugada, agora pra fazer o que eu não sei te dizer, só sei que sempre acordamos antes do sol da o ar da graça, como a minha chegada ocasional certos estragos fui até o celeiro tira um pouco de leite da vaca e tentar não pensar na noite passada!
E engraçado encontrar a pessoa que a gente sempre quis fugir, como diz minha vozinha não tem como fugir do que é de verdade! Seria difícil não relembrar dos beijos roubados debaixo das cachoeiras, dos beijos roubados nos matos da fazendo, sinto muito mais isso não dá para fugir, e nem há motivos para fugir.
Você tem a capacidade de revirar tudo que sou, lembro daquela nossa briga boba sobre meu vestido que era curto demais, nesse tempo eu já não estava tão tua... quando foi mesmo que deixamos de nos pertencer?
Entenda não vai se hoje que vou lhe sorrir com sinceridade e dizer, sim está tudo bem! Mesmo errando ainda vejo você como o vilão de nós dois, sim tenho esse dom de ser egoísta quando se trata do meu sentir!
To aqui balançando a caneca e lembrando que na nossa ultima conversa você falou aquele refrão: “te amo com a certeza que você irá voltar” depois eu entrei no carro e segui a minha liberdade!
Deu vontade louca de dizer : vc percebe a força desse momento? É teu perfume que eu trago na memória! E é capaz da gente vira mais uma página de amores mal resolvidos, é bem capaz que eu entre mais uma vez naquele carro e nem te leve comigo!


Um comentário:

  1. Oieee.... passando para te oferecer o selinho HELP – Nosso Planeta Pede Socorro. Apóie essa idéia. Passe por lá e de uma olhadinha no último post de hj tah?? Beijos querida. Até mais.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...