22.1.11

aquele verso meio sem sal ...




Eu nunca me liguei em canções cariocas, mas naquela última visita ao Corcovado me rendi! Meu andar parecia já ser de casa, meus cabelos já me denominava como sendo uma legítima carioca...
Ate meu andar apressado se ajustou ao andar maroto e faceiro dos cariocas, seria tolice minha dizer que não me apaixonei por um moço carioca, por um rapaz que desacelerou essa minha vida corrida...
Minha mãe disse que amor assim não dura, mas debruçada na janela do carro percebo que por aqui os amores são gostosas canções de Vinicius, e como diz o bom sábio
“que seja eterno enquanto dure”.
“ Dez na maneira e no tom, você é o cheiro bom do meu violão... Você é a canção que eu consigo escrever afinal... tudo que Rio que me deu, chão do meu terreiro...” 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...