6.12.10

explicações para o coração...



Talvez eu te quero demais, talvez você foi o único que soube me fazer querer tanto assim o querer de alguém... Me explica porque ao seu lado eu consigo ser solta? Me explica porque na suas mentiras eu encontro minha paz?

Porque você tinha que casar com meus medos, meus traumas, porque você tinha que aceita os meus defeitos tão bem assim? Qual é o meu problema em me ligar tanto em você?

Eu te odeio, odeio quando me olha assim! Odeio o jeito como me deixa, detesto saber que quanto mais longe fica de mim, mais perco meu ar... Para de usar desculpas, para com isso...

Já mostrei minhas cicatrizes, já me machuquei por você, já perdi muitas coisas seguindo esse seu caminho doloroso! Então chegou a hora de você se doer por mim, pô eu to aqui... Mas se continuar assim saiu e não volto nunca mais!

As pessoas nunca entenderam como é bom se doer por isso! Elas nunca entenderam como é bom saber que mesmo te odiando há algo de bom dentro do meu peito!

Todas as vezes que fecho meus olhos me vem aquela cena, você me empurrando pra parede me encarando com os olhos, parecia que naquele momento você iria dar fim nisso tudo!

Tu não tens idéia de como isso acalmou meu coração, não passa na sua cabeça como isso me deixou viva! O jeito como me machuca, me deixa inteira, a forma do seu descaso me faz querer mais... E daí que os outros achem doideira...

Como já lhe soprei querido, tenho esse ar de masoquista!



Então, talvez eu sou uma masoquista

Eu tento correr mas eu não quero nunca ir
Até as paredes estão subindo
Na fumaça com todas as nossas memórias”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...