17.11.10

“o lado imperfeito da mulher perfeita...”

parte I

É estranho quando os caras falam que precisam de uma menina que não seja assim tão chiclete, que respeite mais o seu direito de ir e vir, todo aquele discurso de liberdade masculina e afim...

Digo estranho porque na maioria das vezes eles ficam com meninas, que são mimadas demais, controladoras a mil, que sempre querem discutir a relação sendo que não há nada a se discutir, é que exigem que eles deixem seus amigos e o tão sonhado futebol...

É mais estranho quando derrepente o cara encontra uma menina parceira, que faz questão de deixar o cara livre para tomar suas decisões, que não fica no pé, que não sufoca, gosta dele do jeito que ele é. E qual é a atitude dele? Ah ele volta pra menina mimada!

Essas atitudes um tanto estranhas, me fazem ter tais questionamentos: Porque buscamos aquilo que mesmo querendo não estamos prontas para ter? Qual é o grilo de ficar com uma menina que tem sua própria vida e que topa determinadas ações com o cara, mesmo não havendo aquele compromisso?

Onde está o problema da garota querer apenas diversão?Quem disse que somente homens podem se diverti? Porque as pessoas não conseguem aceita tais comportamentos femininos?

Só porque não surto, só porque não fico ligando cinco vezes ao dia, e nem porque não dou apelidos infantis pro cara, não quer dizer que não aprecie o que estamos tendo...

Sabe o que me irrita? Essa mania podre que as pessoas ao meu redor têm de me falar que preciso ser mais delicada, que preciso parar de ser tão grossa e avoada com o querer das pessoas, pô mesmo não dizendo, sinto!

Detesto quando as pessoas colocam tempo no meu querer, tenho pavor de algumas meninas ao meu redor que fazem de uma simples discussão um terremoto, meu se o cara te enche da um murro nele e pronto!

Qual é o problema de resolver as coisas no tapa e no grito? O ser humano nunca será racional, mesmo as pessoas dizendo que é um dia ela irá ser passional, se é pra ser assim que faça de bom tom então...

Quando determinadas coisas não me agradam em nos dois, grito, empurro, bato sei lá, mas não levo pra eternidade! Irrita-me saber que pra ter alguém do meu lado preciso usar da boa paranóia feminina, na boa essa não sou eu!

Sim tenho meus dramas, é isso que torna a mulher misteriosa, mas não consigo fazer o que algumas das meninas que conheço fazem. Na boa não sei ser infantil. Não consigo culpar o cara das minhas frustrações sentimentais...

Pra dizer a verdade não consigo responsabilizar as pessoas das minhas falhas, dos meus medos. Se estou com a pessoa é para somar, como já disse sou meio do lado avesso...

O que peço. Parem de pedir o que vocês não estão prontas para assumir, pois mesmo não sendo romântica e afim, tenho lá meus dramas femininos....


 “Um dia eu volto pra fazer só a sua vontade, mas
Se eu não puder fazer você ser a pessoa mais feliz
Eu chego mais perto disso possível




Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...