15.11.10

“em outras palavras...”



E meu futuro me reservas só coisas boas, o meu querer me basta! O meu sentir me alimenta o que sou me alegra! Eu gosto do seu gostar, eu quero o seu querer, só que você anda me desagradando ...

Eu tenho medo, e eles são grandes, são pequenos, são do tamanho que quero velos, não adianta viver por eles não é solução! Não venci todos, mas aqueles medos de rejeição sim!

Sou daquelas que cai e se machuca, alguns desses machucados estão em carne viva, mesmo assim ainda coloco aquela flor no meu cabelo e saiu por ai esbanjando amor próprio!

Sabe aquele refrão: “Eu estava aqui o tempo todo, só você não viu” então só por hoje não vou mais tomar essa dose desse nosso querer doentio! Tudo bem amanhã voltou a me arde pelas nossas mentiras....

Só que hoje, vou ser essa felicidade toda! Somos felizes juntos, é aí que mora a sua paranóia, eu tenho tanto para lhe oferecer, quero várias coisas, mas o que não quero é cansar de esperar o seus medos acabarem!

Acho suas atitudes uma eterna contradição, você diz que vive pela certeza, mas me mostra a tua incerteza, às vezes me sopra saudades, outras me diz suas paranóias sendo como minhas...

Ontem enquanto caminhava pelo meu quarto, fui listando tudo que quero e sinto por você, e aos prantos me disse: “Não tem como deixar o meu outro lado por aí” isso te responde a suas dúvidas de ainda sermos o que somos?

“o melhor é que mesmo não tendo respostas, ainda buscamos tais perguntas”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...