26.11.10

atração!

Depois de um tempo você bateu na porta da minha casa, ainda estou com as armas em punho, não há uma forma amigável quando se trata dos nossos quereres, então para de olhar assim...

Dessa vez tu viestes em paz, desculpa toda vez que coloca esse sorriso nos lábios tenho minhas paranóias! Não vejo problema na suas propostas, é que querido não sou tão carente!

Não! É melhor continuar ai na porta se explicando, quando me senti preparada para sua invasão lhe convido para entrar! SABE garoto adoro saber que transpira  frio quando tem que fala do seus verdadeiros quereres...

Mexe as mãos, voz fica tremula, mas nunca deixa de me olhar nos olhos, mostrando que a insegurança vem de mim! Proíbo-lhe, sim, proíbo de me fazer sua, proíbo toda essa troca de queres em nossos olhares!

Tenho que lhe dizer que meu corpo ferve quando fala dos seus quereres, assumo fico tremula quando pega em minha cintura... E faz aquela pausa entre nossos lábios, parece que vai me beijar, mas não é tão rápido...

Honestamente? Faz mais daquilo com as mãos, brinca com seus dedos no ar, isso me encanta tanto, pareço uma criança que acabou de descobrir o truque mais incrível do mundoooo!

Não se preocupe querido, as coisas entre nós dois são construídas assim, algumas vezes parecem sólidas, outras fracas a ponto de desmoronar com uma simples tempestade de verão!

Mas no fim é bem mais sólida do que pontes!

“Você é bruto, você sabe que eu gosto disso (sua pele)
Venha aqui, querido, tudo que eu quero ver é a sua pele”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...